Como vender mais - 27/04/2019 - 10:04

Entenda como Email Marketing ainda funciona

Entenda como Email Marketing ainda funciona

Provavelmente todo o dia um novo guru futurista cita o e-mail como uma tecnologia defasada e descontinuada que vai parar de ser usada em um determinado tempo no entanto, anos se passam e o velho e bom correio eletrônico ainda é muito relevante no dia a dia.

Em meados dos anos 90 quando o sistema de e-mail realmente se tornou uma realidade diária de muitas pessoas tanto na esfera profissional quanto na pessoal, muitos “gurus” cheios de fórmulas e prospectos sempre diziam que era uma moda passageira, o que acabou criando uma frase bem iconica:
 

“E-mail é bem legal, mas vou imprimir
para arquivar.”

 

Essa frase mostra o nível de confiança da época mesmo você recebendo mensagens em sua caixa de entrada muitas pessoas transcreviam em suas cadernetas e blocos de notas já que devido a quantidade e a qualidade de armazenamento digital da época deixava muito a desejar, atualmente o papel mudou drasticamente criando assim uma frase um pouco diferente:
 

“Agora que já resolvemos, me envia um
e-mail para documentar;”

 

Esta mudança de comportamento é muito importante pois ela demonstra que as pessoas estão utilizando o dinamismo de mensageiros instantâneos como WhatsApp, Skype e Facebook Messenger, no entanto muitos abrem pelo menos uma vez por dia o e-mail para verificar a caixa de entrada, ou até mesmo muitas vezes sendo usado como “arquivo-morto” para informações com grande importância.

Além é claro que o e-mail ainda é muito utilizado e como prova disso é uma pesquisa realizada pela Pew Research Center, segundo a pesquisa 92% ainda utilizam o e-mail diariamente, dessa forma está mais que confirmado o real valor no cotidiano das pessoas.

Se ainda não estiver convencido do grande potencial de ganho presente no emil temos a Empiricus, uma empresa que vende produtos financeiros e basicamente 70% de sua receita e captação de clientes vêm por meio de campanhas agressivas de email marketing, só com isso facilmente bateu sete dígitos anuais de faturamento.



Conhecendo esse comportamento é importante ficar implícito que é uma excelente ferramenta de vendas mas neste momento é que muitos pecam e erram, pois uma das verdades que grande parte das pessoas não percebe é que o email marketing é um método de comunicação e não de venda, sendo que seu principal objetivo é levar única e exclusivamente informação a quem recebe o e-mail podemos concluir que: 

Email Marketing não vende nada !

Não se compra nada pelo email em si, mas é por ele que a intenção de compra é revelada e pode ser utilizada de diversas formas dependo da estratégia, mas não vai ser por ele que o possível cliente vai comprar alguma coisa, ele precisa ser encaminhado para algum lugar onde aí sim vai efetuar a compra. 

Tendo isso em mente fica mais fácil explicar que o real conceito da ferramenta não é VENDER e sim comunicar, informar e engajar quem recebe o e-mail do outro lado. Isso transforma o Email Marketing em uma grande e poderosa ferramenta essencial em qualquer estratégia.

Agora uma das maiores vantagens de se utilizar em sua estratégia o email marketing é o alcance totalmente previsível, uma vez que todas as campanhas enviadas garantem que 100% dos endereços da lista vão receber a mensagem, isso permite ter um grande controle diferente de muitas outras ferramentas que não garantem nem 5% da entrega.

Mas como realmente ter resultados?

Uma das primeiras coisas que devem ser feitas é entender como encaixar as técnicas de email marketing em sua estratégia, definir bem o papel dos emails enviados e qual seu objetivo é algo prioritário, normalmente podendo variar entre apenas informar, encaminhar leitores para uma postagem ou até mesmo a liberação de cupons de desconto. 

Independente da escolha é importante que ela esteja clara e bem definida para que os próximos passos sejam realizados. Com o objetivo claro, agora é preciso definir qual o público que pretende atingir e como consegui gerar uma lista de endereços para o envio da campanha. 

Se coloque no lugar da pessoa que vai receber seu email e pense nos interesses dela, não vou adentrar em técnicas de como criar personas do seu cliente mas tente entender quem ele é e qual o problema que você vai resolver para ele., isso já ajuda em muito nesse momento.

Após esse processo vêm uma das partes onde muitos se perdem que é a geração da lista, lembrando que:

Não compre lista de email !

Isso é perda de tempo e dinheiro já que os endereços ali às vezes nem existem, e se realmente existirem não é seu público logo perda, apenas prejuízo.

A solução mais simples realizar um apanhado de todos os clientes que já adquiriram seu produto / serviço e realizar o envio para eles, dessa maneira existem garantias maiores de abertura já que o leitor realmente já conhece quem está enviando a campanha.

Outras maneiras para gerar listas que realmente criam um vínculo de comunicação entre você e sua audiência,é a criação de landing pages com conversão, formulários de contatos ou até mesmo por meio de prospecção ativa na internet.

O mais importante é não comprar lista de qualquer forma, por mais “trabalhoso” que seja, você vai perceber que cada novo endereço nesta lista mais rica em informações ela vai se tornando e com isso maior as chances de conseguir gerar vendas e criar uma lista compradora.

 

Como fazer

Depois de definir a estratégia a ser utilizada agora é o momento dos três elementos essenciais em qualquer campanha de email marketing, esses elementos são título, banner e cta.

Títulos do E-mail

O título do email como primeiro elemento vai determinar praticamente 80% do sucesso da campanha já que é a primeira informação que o seu leitor vai ler, lembrando que muitas vezes o local em que sua audiência vai abrir a mensagem enviada pode ser em um smartphone com internet a dados 3G, logo provavelmente não vai carregar o corpo do email no entanto com certeza vai ler o título, esse é o momento mais crucial já que você têm menos de 3 segundos para conquistar a atenção do cliente e fazê-lo clicar para ler o resto da mensagem. 

Existem diversas técnicas de escrita que ajudam a chamar e ativar gatilhos na mente da pessoa para que ela clique no email essas técnicas fazem parte do Copywrite, mas não vou adentrar nesse assunto agora.

Banner

Segundo elemento que é visto por grande parte das pessoas é o banner principal que basicamente é uma imagem que fica no topo do email, quando permitido ou configurado para que a mensagem carregue esse tipo de recurso com certeza será a primeira coisa que ele vai ver, sendo assim é uma segunda oportunidade de consolidar a comunicação com o leitor, criando maior conexão e encorajando que faça a leitura do resto do corpo do email. 

Lembrando novamente da questão de pensar na velocidade da internet que o seu leitor estará usando é sempre bom evitar o uso de imagens muito pesadas em questão de peso e caso queira usar vídeos opte em opções como gifs, ou até mesmo um link direto para o site com o vídeo podem ajudar muito nesses casos.

Call to Action

E por fim a ficar como a cereja do bolo é o CTA um acrônimo para Call to Action, esse termo é normalmente utilizado para um elemento que encaminhará o usuário/leitor a realizar uma ação, na maioria das vezes um botão grande e que chame atenção.

Definir um CTA pode parecer uma coisa simples mas é importante levar algumas coisas em consideração, por exemplo a posição deve levar em conta o corpo do email, em caso de muito texto o ideal é um botão no final do corpo do email, agora caso de corpos menores o ideal é bem no início, enfim a posição deve sempre ficar visível e fácil acesso para o leitor, afinal é por ele que a campanha irá gerar reais resultados.

Conclusão

Se seguir esse “modelinho” básico de definir o objetivo da campanha, titulo, banner e CTA aposto que os resultados virão, além de facilitar em muito qualquer campanha de email marketing, lembrando que sempre é necessário melhorar e adaptar sua estratégia e o público alvo, e com tempo e dedicação você vai perceber que por mais “antigo” e morto que o email seja ainda é possível realizar grandes ganhos apenas com ele.


 

Gostou do que leu?
Nós avisaremos quando sair mais.

Talvez você também goste:

Entenda como Email Marketing ainda funciona

Entenda como Email Marketing ainda funciona

O Poder das Métricas - Números que Vendem

O Poder das Métricas - Números que Vendem

Oportunidade: WhatsApp pode ter anúncios no Status

Oportunidade: WhatsApp pode ter anúncios no Status

Sariweb Marketing Digital Não importa o que fazemos, e sim o que resolvemos ! Você não precisa de um site, agência ou adwords, você quer é vender mais ! $
Rua Engenheiro Guilherme Cristiano Frender, 1275 Vila Antonieta, São Paulo
11 2201 6934 contato@sariweb.com.br